Direção da FFCS reconduzida a um novo mandato

Wednesday, November 10, 2021 - 15:15

Professor Doutor José Manuel Martins Lopes, Sj. toma posse como Diretor da Faculdade de Filosofia e Ciências Sociais, na Sala Macau, da UCP em Lisboa, em sessão presidida pela Senhora Reitora na Reitoria da UCP.

Do novo Conselho de Direção para o próximo mandato farão parte ainda os Professores Álvaro Balsas (Diretor Adjunto), Bruno Nobre (Diretor Adjunto), João Amadeu (Professor Secretário), Carla Pinto Cardoso (Vogal) e Paulo Dias (Vogal).

A nomeação foi sugerida pelo Superior Provincial da Companhia de Jesus que indicou o Professor DoutorJosé Manuel Martins Lopes, Sj. à Senhora Reitora para a recondução no cargo de Diretor da FFCS. 

No discurso de tomada de posse, o novo diretor da FFCS referiu algumas linhas de ação que, segundo o Professor, moverão o próximo mandato.

"

  1.  Darmos consistência à investigação. Neste âmbito, o CEFH tem feito um excelente trabalho e o dinamismo e motivação que se vê em cada investigador, para investigarem e publicarem, é uma garantia de que a próxima avaliação nos será propícia e mais uma oportunidade para contribuirmos para a qualidade da investigação na UCP. Há um otimismo generalizado que leva ao empenhamento dos investigadores. Refiro também aqui, como uma nota positiva, os projetos de investigação que já foram aprovados com financiamento nacional e internacional. Nos últimos meses foram aprovados 5 Projetos, uns com a coordenação de docentes da FFCS e outros enquanto parceiros, num valor global que ultrapassa os 400.000€.
  2.  Tentaremos, neste mundo cada vez mais globalizado, não só levar os cursos a outros públicos (Ensino a Distância) como captar mais estudantes internacionais para a nossa oferta formativa. (Nos últimos anos temos assistido a fluxos muito interessantes de alunos e docentes na nossa Faculdade).
  3.  Ajudarmos a UCP na expansão, através da FFCS, nas Ciências da Computação e Ciência de Dados e na Gestão. O curso da Licenciatura em Ciência de Dados Aplicada, atualmente em processo de acreditação na A3ES, é um exemplo da aposta da Reitoria nesta área na nossa Unidade Básica.
  4.  Reforçarmos o nosso corpo docente com a abertura de concursos para recrutamento e progressão na carreira dos nossos Docentes. Neste momento, a Senhora Reitora já homologou alguns concursos e mais propostas para homologação estamos a preparar para fazer chegar à Senhora Reitora.
  5.  Crescermos na formação com o mundo empresarial. Temos sinais no Norte de Portugal de que as Empresas se estão a abrir à Universidade Católica Portuguesa como entidade parceira estratégica na formação dos seus quadros. Pensamos, por isso, em criar uma Unidade de Inovação e Transferência de Conhecimento mais especializada e ágil que corresponda às expetativas destas Empresas que nos convidam a sairmos e a levarmos a Universidade extramuros. Acreditamos que temos aqui também uma oportunidade para, além de uma formação mais específica, propormos as Humanidades e a Filosofia, tão maltratadas nesta última década, como instrumentos fundamentais para as Empresas inovarem e crescerem num serviço à sociedade onde a pessoa e a sua dignidade seja o centro, o fundamento e o fim do seu agir.
  6.  Reforçarmos a nossa ligação com a Associação dos Antigos Alunos da Faculdade de Filosofia e Ciências Sociais.  Devido à pandemia, o processo de fusão das ex-Associações dos Antigos Alunos da ex-FacFil e da ex-FaCis, ainda não está concluída. Esperamos que, para breve, esse processo, se encerre. Através dos Antigos Alunos, acreditamos, poderemos dinamizar e potenciar vertentes para a Faculdade que nos poderão ajudar em muitas das nossas dificuldades.     

                                                                                                         "

Estas linhas têm em conta as indicações do Plano de Desenvolvimento Estratégico da UCP 2021-25.

A nova equipa de direção deixa ainda uma nota de gratidão e o desejo de continuar a contribuir, cada vez mais, com o serviço que a UCP presta à sociedade.