Universidade Católica aposta na formação integral e abrangente

Tuesday, November 28, 2023 - 14:05
Publication
Correio do Minho

Centro Regional da Universidade Católica Portuguesa promoveu ontem a entrega e benção de diplomas. Vice-reitora destacou aumento da oferta formativa.

Universidade Católica aposta na formação integral e abrangente

A vice-reitora da Universidade Católica Portuguesa (UCP, Isabel Vasconcelos, destacou ontem, na cerimónia de entrega de benção de diplomas a licenciados e mestres do Centro Regional de Braga, o aumento da oferta formativa da instituição.

Na aula magna da Faculdade de Filosofia e Ciências Sociais, aquela responsável apontou o novo mestrado em Ciências da Educação e a nova licenciatura em Ciência de Dados Aplicada como exemplos do esforço da instituição na “formação integral, transversal e abrangente”.

A nova licenciatura de Ciências e Sociedade surge também como resultado dessa estratégia, agregando as Ciências da Vida e as Ciências Sociais e Humanas.

Isabel Vasconcelos relevou que a UCP já graduou cerca de 103 mil pessoas ao longo da sua existência, sendo que, no Centro Regional de Braga, concluíram os seus estudos, no último ano lectivo, 240 estudan- tes, número que poderá crescer até ao final do mês de Dezembro. A vice-reitora referiu como conquista da UCP no último ano o reforço do seu posicionamento europeu e mundial, através da participação em redes com instituições congéneres.

Nos cursos de Teologia e Filosofia do Centro Regional de Braga, os alunos estrangeiros são já mais de 20% do total de inscritos, bastante acima do rácio de 7% para o total da instituição, informou a vice-reitora, ressalvando, que, incluindo os programas de mobilidade, os alunos estrangeiros na UCP representam uma quota de 26%.

Na sessão solene de entrega e benção dos diplomas relativos ao ano lectivo 2022-23, o pró-reitor da UCP-Braga, João Duque, considerou que, sendo a formação superior, nos dias de hoje, “cada vez mais essencial no exigente processo profissional”, os títulos académicos não são tudo, apenas uma “etapa de passagem rumo a outros títulos, ou rumo a uma aprendizagem permanente”.

Dirigindo-se às dezenas de diplomados que ontem de manhã receberam os seus títulos académicos avisou que estes devem ser vistos como “certificações para aprender sempre mais, sem parar”.

O arcebispo primaz de Braga, D. José Cordeiro, benzeu os diplomas dos mais recentes mestres e licenciados da UCP-Braga, tendo-os desafiado “a arriscar novos caminhos para a nossa sociedade”?com a “responsabilidade acrescida de olhar o mundo com as lentes do Evangelho”. Defendeu o prelado que “a inteligência é uma forma elevada de caridade”.

“Ensino de excelência” apesar dos “desafios” da pandemia

Coube a Nuno Rafael Oliveira Leite, recém licenciado em Psicologia pela Faculdade de Filosofia e Ciências Sociais, falar em nome das dezenas de diplomados do Centro Regional de Braga da Universidade Católica de Braga que ontem receberam o ‘canudo’.

“Desafios e situações inéditas” decorrentes da sua entrada no ensino superior em plena pandemia de Covid-19, no ano lectivo 2020-2021, um “período de ansiedade’, foram recordados pelo jovem psicólogo, que elogiou a capacidade da Universidade de enfrentar e superar os problemas colocados pelos confinamentos “de maneira exemplar”.

Nuno Rafael destacou a forma como, no Centro Regional de Braga, se conseguiu manter, durante a pandemia, o “ensino de excelência”, ajudando a “ultrapassar receios” de uma situação inédita no primeiro ano lectivo de licenciatura para muitos estudantes.

Upcoming Events

27
Feb
11:30
28
Feb
14:30