Ética Económica e Empresarial

Contactos

Secretaria

E-mail: secretaria.ffcs@ucp.pt

Tel: (+351) 253 20 61 00 

Mais Informação

Funcionamento

Horário:
Total de 27h: 9 aulas de 3h/ semana

Regime pós-laboral: 19h-22h (presencial)

Aulas à 3ª feira
(* também há a opção de aulas à 5ª feira, se a maioria dos formandos preferir)

Calendário:
- 5 aulas (16 Nov - 14 Dez 2021)
- 4 aulas (4 - 25 Jan 2022)

Local Campus Camões, do Centro Regional de Braga da UCP

Aula Aberta Online :
Apresentação do curso. Questões dos candidatos.
9 Nov. 2021, 19h00 - 20h00 
ASSISTIR

Pré-inscrição (aula aberta):
Inscrever

Datas de Admissão
Candidaturas: até 10 Nov. 2021
Confirmação da admissão: 11 Nov.
Matrículas: 12-15 Nov.
Início das aulas: 16 Nov. 2021

Requisitos de Admissão
a) Licenciados: em Economia/ Gestão; Filosofia, Psicologia, Ciências da Comunicação, Serviço Social, Turismo, Sociologia, Geografia, Biologia.
b) Fluência em Espanhol e Inglês.

Documentos necessários de candidatura
a) Curriculum Vitae actualizado.
b) Carta de interesse (máx. 700 palavras), com breve apresentação pessoal, percurso académico e profissional, e motivação para frequentar este curso. Indicar se está disponível para aulas à 3ª feira ou 5ª feira, e se tem alguma preferência.

Enviar candidatura para:
Cecília Araújo (secretaria)
E-mail: ceciliaaraujo@ucp.pt

Vagas:
Nº mínimo de participantes: 10
Nº máximo de participantes: 25

Propina:
Valor total da propina: 200 €

Descrição do Programa

Introdução

As relações económicas constituem uma parte fundamental da nossa vida em sociedade, a qual é estudada pela Economia. Esta foi a primeira ciência social que surgiu na modernidade, e as suas origens (como disciplina autónoma) remontam à obra do filósofo moral escocês Adam Smith (séc. XVIII). A Economia estuda as decisões dos agentes económicos (consumidores, vendedores, Estado) e a evolução de indicadores agregados (e.g. PIB, inflação, desemprego).

Como sabemos, a Economia é a principal ciência que influencia as políticas dos Governos ocidentais. Por isso, a Economia é uma ciência com forte impacto na qualidade de vida das pessoas. A relevância pública da Economia é confirmada pelo facto de esta ser a única ciência social na lista dos prémios Nobel.

Apesar da importância da Economia, esta ciência é frequentemente criticada por não se preocupar com questões éticas, chegando por vezes a recomendar linhas de ação que chocam com princípios morais. Até que ponto tais críticas são plausíveis? Este curso discute de que modo é possível estabelecer um diálogo entre a Economia e a Ética— não só na vertente teórica (académica), mas também na vertente prática relativa à vida das empresas.

 

Descrição do curso

I) Objetivos do curso:

  • Rever e aprofundar alguns fundamentos teóricos do currículo normal das licenciaturas em Economia e Gestão, e estimular a reflexão crítica sobre estes. Alguns temas a rever: teoria neoclássica; teoria da escolha racional (rational choice theory).
  • Abordar temas de Ética que não costumam ser tratados nas licenciaturas e mestrados atuais de Economia e Gestão.
  • Sensibilizar para a necessidade de articular o diálogo entre a Ética e a Economia, e de recuperar a visão da ‘Economia Política’ presente na obra fundacional de Adam Smith.
  • Explorar as inovações recentes da Economia Comportamental (‘behavioural economics’), e o diálogo da Economia com a Psicologia, focando a atenção nas dinâmicas de cooperação em vários jogos (‘games’).

II) Algumas questões a tratar no curso:

  • Que conceção de ser humano está implícita na Economia ‘mainstream’ (teoria neoclássica)?
  • Será que o homo economicus é uma hipótese plausível sobre o comportamento económico?
  • Quais as diversas motivações/ intenções dos agentes económicos?
  • Há lugar para a virtude, o altruísmo, a reciprocidade, e o ideal da comunhão nos mercados impessoais?
  • Será que estudar Economia afeta o carácter moral das pessoas, tornando-as mais egoístas e menos cooperativas?
  • É verdade que o único objetivo das empresas é aumentar os seus lucros (como defendeu Milton Friedman)?
  • Será que a Economia deve preocupar-se com questões de justiça social e de ecologia?
  • O Estado deve intervir nos mercados?

III) Aptidões a desenvolver ao longo do curso:

Reflexão crítica sobre os pressupostos antropológicos e éticos da Economia, e a respetiva aplicação à vida das empresas e organizações.

Metodologia

  • Exposição sistemática dos conteúdos.
  • Análise e discussão de alguns textos clássicos, de modo a fomentar a participação ativa e o espírito crítico dos formandos.

Destinatários

  • Professores de Economia do ensino secundário, que desejam rever e complementar a sua formação da licenciatura/ mestrado;
  • Professores de Filosofia, Educação Moral, Psicologia, Geografia, Biologia;
  • Empresários, economistas, gestores, engenheiros;
  • Profissionais da banca e seguradoras;
  • Jornalistas da área económica e financeira;

O curso destina-se em geral a todos os interessados em debates nas ciências sociais, e no modo como as posturas teóricas influenciam a praxis da nossa vida em sociedade.

Bibliografia

  • González Fabre, Raúl (2005), Ética y Economía: una Ética para Economistas y entendidos en Economía, Desclée De Brouwer, Bilbao. 
  • Friedman, Milton (1970), “The Social Responsibility of Business is to Increase its Profits”, The New York Times Sunday Magazine (September 13, 1970).
  • Hausman, Daniel (2018), “Philosophy of Economics”, in Edward Zalta, ed., The Stanford Encyclopedia of Philosophy: https://plato.stanford.edu/archives/fall2018/entries/economics/
  • McDade, Pedro (2008), “Pensar o ser humano na Economia: do indivíduo (homo oeconomicus) à pessoa”, Brotéria 167:4, 243-263.
  • McDade, Pedro (2014), “Apresentação: Economia de Comunhão”, Revista Portuguesa de Filosofia 70:1, 5-8.
  • Peil, Jan & Irene van Staveren, eds. (2009), Handbook of Economics and Ethics, Edward Elgar, Cheltenham, UK.
  • Sen, Amartya (2012), Sobre Ética e Economia, Almedina, Coimbra [original: Sen, Amartya (1987), On Ethics and Economics, Blackwell, Oxford].
  • White, Mark D., ed. (2019), The Oxford Handbook of Ethics and Economics, Oxford University Press, New York.

Contactos

Secretaria

E-mail: secretaria.ffcs@ucp.pt

Tel: (+351) 253 20 61 00