Católica de Braga acolheu 240 novos alunos com mensagem de felicitação e esperança

Quarta-feira, Setembro 15, 2021 - 01:00
Publication
Diário do Minho

DE ACORDO COM O PRESIDENTE DO CENTRO REGIONAL DE BRAGA DA UCP, O NÚMERO DE ESTUDANTES NAQUELA UNIVERSIDADE ESTÁ ESTÁVEL

O Núcleo Regional de Braga da Universidade Católica Portuguesa (UCP) procedeu ontem à sessão de boas-vindas presencial de cerca de 240 novos alunos. No dia anterior, em formato online, já tinha decorrido uma ação de acolhimento que contou com as presenças do presidente do Centro Regional de Braga da UCP, João Duque; do diretor-adjunto do Núcleo de Braga, Luís Miguel Figueiredo Rodrigues; do diretor da Faculdade de Filosofia e Ciências Sociais, José Manuel Martins Lopes; bem como de José Carlos de Miranda e de dois antigos alunos das faculdades do centro bracarense, que deram o seu testemunho aos que agora abraçam este projeto educativo pela primeira vez. Na ocasião, João Duque deixou aos novos estudantes uma mensagem de esperança e deu-lhes os parabéns «no duplo sentido»: por ingressarem no Ensino Superior, o que «é sempre uma boa escolha para o futuro», e, depois, por terem escolhido a Universidade Católica para este percurso académico. De resto, o presidente deu as boas-vindas a cada um dos presentes sempre num «contexto bastante familiar», como é habitual no Centro Regional de Braga, marcado por «uma relação muito próxima entre alunos e professores», o que permite um «acompanhamento próximo».

Neste ano letivo, a UCP de Braga conta com o mesmo número de cursos, estando a ser preparado um novo para arrancar no próximo: o de Ciência de Dados. A mudança mais significativa apontada pelo responsável prende-se com a Faculdade de Teologia, que passa a ter uma «organização diferente», funcionando «de forma mais coesa a nível nacional» uma vez que há somente um curso para todo o país, o qual funciona em Braga, Porto e Lisboa.

Nesta primeira fase ingressaram 240 estudantes, estando os cursos «perto de preencher as vagas todas», algo que João Duque acredita que irá acontecer após as inscrições da segunda fase, em que o número de estudantes deverá ascender a mais de três centenas. Este é um número que, segundo João Duque, está estabilizado, muito embora tenha registado um ligeiro aumento «nos últimos três, quatro anos», chegando aos 1200 alunos no total.

Perspetivando o ano letivo que agora arranca, João Duque lembrou o contexto de pandemia que ainda se mantém e que não pode ser ignorado. Por isso, pelo menos durante durante o primeiro semestre as aulas continuarão a ser lecionadas em regime misto (presencial e online). «Estamos expectantes quanto à reação dos alunos em relação às praxes. Não temos orientações precisas neste sentido. Fora do campus não conseguimos controlar, mas dentro dele apelamos ao cuidado de cada um para que não haja contágios no seio académico», explicou ao DM. Precisamente tendo em conta esta preocupação, a UCP de Braga acolhe, ao longo desta semana, no seu campus na Rua de Santa Margarida, a testagem massiva de todos os membros da comunidade académica interessados: estudantes, docentes e demais funcionários.

Próximos Eventos

21
Out
10:00
26
Out
19:45