Jornada Comemorativa do Dia Mundial da Filosofia

16 de novembro | Aula Magna da FFCS | 9H00


A Faculdade de Filosofia e Ciências Sociais (FFCS) da Universidade Católica Portuguesa – Braga - associou-se mais uma vez à celebração do Dia Mundial da Filosofia, patrocinado pela Unesco, promovendo uma Jornada de reflexão temática e de sensibilização dos jovens para o estudo da Filosofia.

Esta Jornada realizou-se no dia 16 de novembro, na Aula Magna da FFCS, com início às 9H00 e finalização por volta das 12H30.

A temática geral desta Jornada, alinhada com a proposta da Unesco, versou a função da Filosofia como tarefa de transformação do ser humano e da sociedade. Foi desdobrada mediante quatro palestras intituladas "Filosofia e Redes Sociais" (Eugénio Oliveira), “Filosofia e Gestão” (Carlos Louro), “Filosofia e Direitos Humanos" (Nuno Fadigas), "Maldito Quadrilátero: O Caso do Achismo" (Artur Galvão).

O Programa das Jornadas incluiu ainda a apresentação dos Prémios Nacionais de Ensaio Filosófico em Ética e Filosofia e no Conto Filosófico para Crianças.

A Jornada pretendeu também dar continuidade à “política” da valorização dos antigos alunos da Faculdade, graduados e pós-graduados em Filosofia, chamando-os a colaborar ativamente, dando-lhes a vez e a voz. Nesta linha, a organização da Jornada teve como parceiro institucional a Associação Portuguesa de Ética e Filosofia Prática, uma dinâmica associação dirigida por antigos alunos da FFCS. São também antigos alunos os oradores das palestras que compõem o Programa da Jornada.

Mas o objetivo estratégico da Jornada centrou-se na promoção da Filosofia junto dos jovens que estão a finalizar os estudos do ensino secundário, de modo a despertar neles o interesse, a curiosidade e a motivação para o prosseguimento de estudos nesta área do conhecimento. Por isso, estas Jornadas contaram com a presença de um significativo número de Escolas e Colégios da região, que trouxeram até à Aula Magna da FFCS as suas turmas do ensino secundário.

A FFCS mostrou que todos os candidatos que manifestam aptidão para o estudo da Filosofia, se possam candidatar e realizar os seus estudos, sem o acréscimo de custos que as propinas sempre acarretam; para tal, a Faculdade oferece aos alunos de Filosofia bolsas de estudo que tornam a propina de valor equivalente ao que é praticado pelas Universidades do Estado. Há mais de 70 anos que esta Faculdade forma, a partir de Braga, sucessivas gerações de filósofos que muito têm enriquecido todos os sectores da Sociedade em que eles se inserem.