A Lição dos Clássicos em Camilo Castelo Branco

Apresentação e linhas temáticas

A extensa obra de Camilo Castelo Branco, sobretudo a narrativa ficcional, tem sido objecto de diversas abordagens temáticas e estudada a partir de múltiplas perspectivas, nomeadamente a literária, a histórica, a cultural e a sociológica. No entanto, pela sua enorme riqueza e complexidade, ainda carece de outras visões renovadoras.

Um dos domínios em que a obra do autor de S. Miguel de Seide não tem sido analisada como merece é o das fontes clássicas que constantemente afloram e enriquecem a sua escrita. De facto, a obra literária deste grande clássico de Oitocentos constitui um vasto repositório de matrizes clássicas, actualizando assim a presença da Antiguidade greco-latina: “Não faltam nas novelas de Camilo citações, às vezes infiéis, de clássicos latinos (...). Não faltam alusões, mais ou menos justas, em regras sóbrias” (Jacinto do Prado Coelho).

Face a esta lacuna dos estudos camilianos, consideramos muito oportuno estudar as diversas formas de pervivência da herança clássica na obra de Camilo Castelo Branco, abarcando a multiplicidade das formas, registos e funções que esse actuante diálogo com as literaturas greco-latinas reveste no universo camiliano. Pela boca de uma heroína romântica, lê-se em A Filha do Arcediago: “Eu faço versos; a musa favorece-me: o Pégaso voa comigo à apolínea fonte e converso com os deuses na Castália”.

Centrando-nos na relação privilegiada de Camilo Castelo Branco com a Antiguidade Clássica, propomo-nos investigar essa relação prolongada e fecunda, desvendando alguns caminhos de releitura da sua obra, através da valorização da memória e do diálogo que assiduamente o escritor explora com essa viva tradição. Escreveu, a propósito, o Prof. Américo da Costa Ramalho: “com o estudo das citações latinas e das alusões às literaturas grega e romana que se lêem nos seus livros podia escrever-se um trabalho de algumas centenas de páginas”.

Dentro de um horizonte intertextual e comparatista, entre outras manifestações da “lição dos clássicos gregos e latinos” (A Queda dum Anjo), sobressaem modos e processos bem diversos de diálogo com o legado clássico, com destaque para os seguintes tópicos:

  • Revisitação de narrativas míticas
  • Reutilização de topoi e de exempla
  • Reescrita de temas e motivos
  • Composição de personagens
  • Formas de intertextualidade (da citação à alusão)
  • Ambivalência de registos – da auctoritas à paródia
  • Funções da cultura e da literatura greco-latina
  • Cultura clássica, valores e mundividência
  • Os professores e estudantes de Latim
  • Imagens do Bom Jesus do Monte

Pedido de comunicações

Cada comunicação terá a duração máxima de 20 minutos. As propostas, sujeitas a avaliação pela Comissão Científica, devem ser enviadas para alicaodosclassicosemcamilo@braga.ucp.pt e incluir os seguintes elementos:
  • Título completo
  • Resumo (até 250 palavras)
  • Área temática
  • Nome do autor
  • Afiliação institucional
  • Email
  • CV abreviado (até 100 palavras)

Data limite para envio de propostas: 11 de Fevereiro de 2018
Resultados da avaliação: 28 de Fevereiro de 2018
Data limite da inscrição: 16 de Março de 2018
Valor da inscrição:
  • Com comunicação (100.00 €)
  • Sem comunicação: 30.00 € (antigos alunos Ucp: 10.00 €)

Alguns textos aprovados pela Comissão Científica serão publicados na Revista Portuguesa de Humanidades, volume de 2018. Estes devem ser entregues até ao dia 22 de Abril de 2018.

Comissão Científica

  • Annabela Rita, Universidade de Lisboa
  • Carlos Paulo Martínez Pereira, Universidade da Coruña
  • Carlos Reis, Universidade de Coimbra
  • Cristina de Sousa Pimentel, Universidade de Lisboa
  • Elias J. Torres Feijó, Universidade de Santiago de Compostela
  • Ernesto Rodrigues, Universidade de Lisboa
  • Isabel Pires de Lima, Universidade do Porto
  • Ivo Castro, Universidade de Lisboa
  • José Pedro Serra, Universidade de Lisboa
  • Juan M. Carrasco González, Universidade de Extremadura
  • Margarida Maria dos Reis Braga Neves, Universidade de Lisboa
  • Maria Alzira Seixo, Universidade de Lisboa
  • Marie-Christine Pais Simon, Université Sorbonne Nouvelle – Paris 3
  • Nair de Nazaré Castro Soares, Universidade de Coimbra
  • Mário Garcia, S. J., Universidade Católica Portuguesa - Braga
  • Paulo Motta Oliveira, Universidade de São Paulo
  • Serafina Martins, Universidade de Lisboa
  • Sérgio Paulo Guimarães Sousa, Universidade do Minho

Conferencistas convidados

  • Annabela Rita, Universidade de Lisboa
  • Elias J. Torres Feijó, Universidade de Santiago de Compostela
  • Ivo Castro, Universidade de Lisboa
  • José Pedro Serra, Universidade de Lisboa
  • Maria Manuela Brito Martins, Universidade Católica Portuguesa - Porto
  • Marie-Christine Pais Simon, Université Sorbonne Nouvelle – Paris 3
  • Paulo Motta Oliveira, Universidade de São Paulo

Organização

Grupo de Investigação Memória e Diálogos Literários do Centro de Estudos Filosóficos e Humanísticos (CEFH) da Faculdade de Filosofia e Ciências Sociais – UCP, Braga.

Comissão Organizadora

  • Ana Paula Pinto
  • António Maria Martins Melo
  • Arturo Diaz
  • Conceição Brandão
  • João Amadeu Silva
  • João Paulo Braga
  • José Cândido Martins
  • José Manuel de Oliveira
  • Maria José Lopes
  • Varico Pereira

Secretariado

  • Artur Alves
  • Manuela Taveira
  • Orquídea Lago
  • Simão Sá

Apoios

  • Academia Lusófona Luís de Camões
  • Câmara Municipal de Braga
  • Câmara Municipal de Vila Nova de Famalicão
  • Casa-Museu de Camilo Castelo Branco
  • CLEPUL – Centro de Literaturas e Culturas Lusófonas e Europeias
  • Confraria do Bom Jesus do Monte
  • Diário do Minho
  • Instituto Fernando Pessoa
  • Instituto Europeu de Ciências da Cultura Padre Manuel Antunes
  • Observatório da Língua Portuguesa
  • Sociedade Histórica da Independência de Portugal

Contactos

E-mail: alicaodosclassicosemcamilo@braga.ucp.pt
URL: braga.ucp.pt/alicaodosclassicosemcamilo